Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Hélder Rosalino: Há maior procura pelas notas de 100 e 200 euros como reserva de valor fora da Zona Euro

O administrador do Banco de Portugal sublinhou a utilização das notas de maior valor como reserva de valor, na apresentação das novas notas de 100 e 200 euros, que entram em circulação esta terça-feira.

Miguel Baltazar/Negócios
Patrícia Abreu pabreu@negocios.pt 27 de Maio de 2019 às 12:46
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

O número de notas de euro em circulação continua a aumentar, uma evolução que Hélder Rosalino justifica com a crescente procura por notas de euro, sobretudo de valores mais elevados, como reserva de valor, por parte de países que não pertencem ao euro.

 

"As notas de 100 e 200 euros não são muito utilizadas no dia-a-dia, mas têm um papel muito importante como reserva de valor", explicou Hélder Rosalino na apresentação das novas notas de 100 e 200 euros, que entram em circulação esta terça-feira, dia 28 de maio. O administrador do Banco de Portugal nota que as divisas destes valores não são muito utilizadas pelos portugueses, que preferem as notas de 20 euros.

 

Segundo Hélder Rosalino, "num ambiente de taxas de juro muito baixas há cada vez mais utilização do euro como reserva de valor também fora da área do euro", o que está a refletir-se num aumento das notas de euro em circulação.

 

A procura fora do euro tem vindo sobretudo do leste da Europa, mas também da Ásia e até África, regiões que, diz o administrador do Banco de Portugal, utilizam as notas de euro como reserva de valor e para comércio.

 

As novas notas de 100 e 200 euros começam a circular amanhã, sendo que não é preciso trocar as notas que já existem destes valores. A troca será gradual, à medida que as notas anteriores regressam ao sistema.

Ver comentários
Saber mais Hélder Rosalino Banco de Portugal notas euros
Mais lidas
Outras Notícias