Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Iberdrola Renováveis fecha sessão de estreia em queda de quase 3%

As acções da Iberdrola Renovables, a nova cotada da praça espanhola, encerram a primeira sessão em queda. Os títulos da subsidiária para as energias renováveis da Iberdrola cederam quase 3%, isto apesar de terem sido colocadas no mercado no limite inferio

Paulo Moutinho 13 de Dezembro de 2007 às 17:26
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As acções da Iberdrola Renovables, a nova cotada da praça espanhola, encerram a primeira sessão em queda. Os títulos da subsidiária para as energias renováveis da Iberdrola cederam quase 3%, isto apesar de terem sido colocadas no mercado no limite inferior do intervalo que chegava aos 7,00 euros. A estreia retirou 633 milhões ao valor de mercado da Renovables.

Os títulos da companhia estrearam-se no mercado madrileno por volta das 11h00, depois de um longo leilão, a cotar nos 5,25 euros, valor 0,9% inferior ao preço de referência de 5,30 euros a que as acções foram vendidas aos accionistas. No fecho da sessão, as acções da Renovables já valiam menos 2,83%, ou seja, 5,15 euros, o que confere à empresa uma capitalização bolsista de 21,7 mil milhões de euros.

Aos 5,30 euros, a nova cotada estava avaliada em 22,4 mil milhões de euros, pelo que a queda na estreia, que chegou a ser de mais de 6% durante a negociação, retirou 633 milhões ao valor de mercado da subsidiária da Iberdrola.

A empresa espanhola definiu, na passada terça-feira, o preço de venda dos títulos. O intervalo colocava a Renovables entre os 5,30 e os 7,00 euros por acção, sendo que o preço fixado ficou no limite inferior, uma decisão considerada prudente, na medida em que as recentes colocações em Espanha apresentam performances negativas em bolsa. Ainda assim, as acções não evitaram a queda.

A queda dos títulos foi acompanhada de um forte volume negociado, habitual nas estreias de novas cotadas. Foram negociados mais de 204 milhões de acções da Iberdrola Renovables. O sentimento negativo entre os investidores, em geral, terá contribuído para esta performance. O "benchmark" espanhol, o IBEX-35, cedeu 2,10%.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias