Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

IGCP volta ao mercado na próxima semana para emitir até mil milhões em dívida de longo prazo

O IGCP tem agendadas duas emissões, a seis e 10 anos, com as quais pretende encaixar entre 750 e mil milhões de euros.

O instituto liderado por Cristina Casalinho vai enfrentar custos de financiamento mais elevados.
Bruno Simão
Negócios jng@negocios.pt 17 de Abril de 2020 às 13:21
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

O IGCP, instituto que gere a dívida pública portuguesa, vai voltar ao mercado na próxima quarta-feira, 22 de abril, para uma emissão de longo prazo, a seis e dez anos, numa altura em que os custos de financiamento se têm agravado devido à pandemia do novo coronavírus.

De acordo com o comunicado do IGCP, estão agendados dois leilões das obrigações do Tesouro com maturidade em 21 de julho de 2026 e 15 de fevereiro de 2030, com um montante indicativo global entre 750 e mil milhões de euros.

Na última emissão comparável, em meados de março, o IGCP pagou uma taxa de juro de 0,059% para se financiar a cinco anos, tendo encaixado 681 milhões de euros. A 12 de fevereiro, havia emitido pela primeira a seis anos com juros negativos.

Já a 10 anos, a agência encaixou 500 milhões de euros a uma taxa de juro de 0,426%, acima dos 0,333% pagos na emissão anterior, em novembro do ano passado (excluindo a emissão sindicada do início do ano). A procura foi inferior face à última.

Ver comentários
Saber mais IGCP dívida
Outras Notícias