Crédito Imóveis demoram menos de 90 dias a serem vendidos
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Imóveis demoram menos de 90 dias a serem vendidos

O aumento das transacções imobiliárias e a subida dos preços dos imóveis foram as principais tendências de 2017. E, para o ano que agora começou, as perspectivas continuam a ser positivas.
Imóveis demoram menos  de 90 dias a serem vendidos
Miguel Baltazar
Raquel Godinho 15 de fevereiro de 2018 às 23:30

O imobiliário vive um período de forte crescimento. Ainda não há dados finais de 2017 mas, segundo as contas da APEMIP, as transacções podem ter aumentado entre 20% a 25%, naquele que terá sido o melhor )

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Anónimo 16.02.2018

Quando a bolha rebentar nós vamos ver , as casas compradas as estes preços para alugar a turistas, depois se vai ver a rentabilidade das mesmas

Os banqueiros deviam ser fuzilados! 16.02.2018

Banquetas não têm emenda, voltam a emprestar a todo o bicho careto s garantias, quando viver de novo o malparado lá estão os contribuintes com as pernas abertas p socorrer estes banqueiros salafrários irresponsáveis. Depois vem de novo os cortes nos vencimentos pq se viveu acima das possibilidades

Anónimo 16.02.2018

Continuem a enforcar-se nos créditos à habitação.
Quando as rendas dispararem 20% até choram

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub