Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

ING termina terceiro trimestre com lucros

O ING fechou o terceiro trimestre deste ano com resultados líquidos positivos, numa altura em que as melhorias registadas nos mercados financeiros limitaram as amortizações de activos. A instituição obteve lucros de 499 milhões de euros, o que compara com os prejuízos de 478 milhões de euros obtidos no período homólogo.

Raquel Godinho rgodinho@negocios.pt 11 de Novembro de 2009 às 10:55
  • Partilhar artigo
  • ...
O ING fechou o terceiro trimestre deste ano com resultados líquidos positivos, numa altura em que as melhorias registadas nos mercados financeiros limitaram as amortizações de activos. A instituição obteve lucros de 499 milhões de euros, o que compara com os prejuízos de 478 milhões de euros obtidos no período homólogo.

A instituição financeira, que pretende vender o seu negócio de seguros, anunciou hoje que obteve, no terceiro trimestre, um resultado líquido de 499 milhões de euros, ou 25 cêntimos por acção, o que compara com um resultado líquido negativo de 478 milhões de euros ou 22 cêntimos por acção registado no mesmo período do ano passado.

Este valor ficou em linha com a estimativa de 500 milhões de euros anunciada no mês passado. Os custos, incluindo amortizações de activos, encolheram para os 882 milhões de euros face a 2,03 mil milhões de euros, anunciou o porta-voz do banco, Raymond Vermeulen, citado pela agência Bloomberg.

Esta instituição financeira recebeu uma injecção de 10 mil milhões de euros e garantias no valor de 21,6 mil milhões de euros do governo holandês e pretende aumentar o capital em 7,5 mil milhões de euros para pagar parte da ajuda estatal.

O ING vai separar os seus negócios de banca e seguros nos próximos quatro anos, uma vez que pretende obter a aprovação da União Europeia relativamente ao seu plano de reestruturação.

As acções da instituição seguiam a somar 4,82% para os 10,01 euros, depois de já terem estado a subir 5,76%. Desde o início do ano, o ING acumula um ganho de 36,70% em bolsa.

Ver comentários
Outras Notícias