Mercados Investidores ignoram as agências de "rating"
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

Investidores ignoram as agências de "rating"

O "rating" de "alto risco" que as três principais agências atribuem a Portugal é um dos principais obstáculos no regresso aos mercados. Porque exclui o País dos principais índices. E porque muitos fundos estão proibidos, pelas suas regras internas, de investir em activos abaixo de um dado "rating". Mas uma análise da Bloomberg mostra que as notações de risco estão longe de ser determinantes para o desempenho de um activo, mesmo na dívida soberana.
Investidores ignoram as agências de "rating"
Edgar Caetano 17 de dezembro de 2012 às 23:30

Os preços das obrigações (e os juros implícitos) evoluíram no sentido oposto ao indicado pelas agências de "rating" em 53% das alterações feitas ao longo do ano que está prestes a

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 23:00
Saiba mais
Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI