Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Japão lucra ao emitir dívida a 10 anos com juros negativos

O primeiro país do G7 a colocar obrigações a 10 anos com taxas de juro negativas. Foi o Japão que marcou a estreia, numa emissão de cerca de 17,9 mil milhões de euros em títulos. Isto depois de o banco central ter colocado em Janeiro a taxa de depósitos em "terreno" negativo.

André Tanque Jesus andrejesus@negocios.pt 01 de Março de 2016 às 15:57
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Pela primeira vez na sua história, o Japão vendeu dívida a 10 anos com taxas de juro negativas. Em causa esteve a colocação de 2,2 biliões de ienes (cerca de 17,9 mil milhões de euros) em obrigações, pela qual o Tesouro nipónico irá ser pago. Segundo a Reuters, esta é mesmo a estreia de juros negativos entre as sete maiores economias do mundo.

O Japão emitiu esta terça-feira, 1 de Março, 2,2 biliões de ienes em obrigações soberanas a 10 anos, tendo registado, pela primeira vez, uma taxa de juro negativa, revela a Bloomberg. Os títulos foram vendidos com uma "yield" média de -0,024%, sendo que o Japão é o primeiro país do G7 a receber para emitir dívida nesta maturidade, diz a Reuters.

Esta operação acontece um mês depois de o Banco do Japão ter colocado em -0,10% a taxa de depósitos. A estreia em "terreno" negativo levou também a uma forte queda das "yields" no mercado secundário. A 9 de Fevereiro, a taxa da dívida a 10 anos caiu para negativos pela primeira vez, tendo mesmo tocado no actual mínimo histórico: -0,08%.

A forte queda foi seguida de uma recuperação, mas as taxas de juro voltaram a cair. Actualmente, a dívida a 10 anos regista uma taxa implícita de -0,06%. Muito baixas são também as "yields" a 20 e 30 anos, que negoceiam, respectivamente, nos 0,466% e 0,789%. 

Ver comentários
Saber mais dívida soberana Japão Banco do Japão taxa de depósitos dívida juros da dívida taxas de juro obrigações mercados
Outras Notícias