Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Jerónimo Martins sobe quase 3% e anima bolsa

A bolsa nacional fechou o dia a subir, acompanhando a tendência positiva que impera entre as congéneres europeias. A Jerónimo Martins destacou-se ao avançar quase 3%.

Miguel Baltazar
Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 20 de Dezembro de 2019 às 16:42
  • Partilhar artigo
  • 7
  • ...
A bolsa nacional fechou a subir pelo segundo dia consecutivo, a beneficiar de um entusiasmo generalizado entre as praças mundiais, numa altura em que se aproxima a época festiva que reduz o volume de negociação das bolsas, devido à ausência de muitos investidores. 

O PSI-20 fechou a apreciar 0,41% para 5.240,09 pontos, com sete cotadas em alta, nove em queda e duas inlateradas.

A contribuir para a subida da bolsa nacional esteve a Jerónimo Martins, ao subir 2,98% para 15,015 euros.

Em alta fechou ainda a Mota-Engil, ao apreciar 1,15% para 1,928 euros, numa altura em que a empresa tem estado sob os holofotes depois de ter sido noticiado que a China Communications Construction Co (CCCC), uma empresa chinesa de capital público, está a estudar a compra de uma posição minoritária no capital da empresa.

Em sentido oposto fechou a EDP, apesar de ter chegado a tocar num novo máximo de junho de 2008. A elétrica anunciou ontem que chegou a acordo para vender seis barragens à Engie por 2,2 mil milhões. Por outro lado, a EDP emitiu ontem um comunicado para alertar os investidores sobre o impacto da perda de competitividade das centrais a carvão

Já a EDP Renováveis avançou 0,4% para 10,08 euros, depois de ontem ao final do dia ter revelado que ganhou um concurso na Grécia e que vai avançar com 11 novos projetos eólicos na Polónia.
Ver comentários
Saber mais bolsa nacional PSI-20 mercados
Outras Notícias