Bolsa Jerónimo Martins e grupo EDP mantêm PSI-20 em alta pela sexta sessão

Jerónimo Martins e grupo EDP mantêm PSI-20 em alta pela sexta sessão

A bolsa nacional está a valorizar pela sexta sessão consecutiva, acompanhando o optimismo das principais praças europeias que negoceiam no valor mais alto das últimas sete semanas.
Jerónimo Martins e grupo EDP mantêm PSI-20 em alta pela sexta sessão
Miguel Baltazar/Negócios
Rita Faria 11 de agosto de 2016 às 12:35

A bolsa nacional mantém a tendência positiva da abertura, com o PSI-20 a valorizar 0,51% para 4.811,94 pontos, nesta que é a sexta sessão consecutiva de ganhos para a bolsa nacional.

Lisboa acompanha, desta forma, o optimismo das principais praças europeias, que seguem com sinal verde no valor mais alto desde 23 de Junho. A animar os índices estão os resultados de empresas como a Zurich Insurance Group e KBC Group, que superaram as estimativas dos analistas.

O índice de referência para a Europa, o Stoxx600, sobe 0,4% para 345,34 pontos.

No plano nacional, os ganhos estão a ser impulsionados, sobretudo, pela Jerónimo Martins e grupo EDP. A retalhista liderada por Pedro Soares dos Santos avança 0,89% para 15,335 euros, depois de ter chegado a negociar nos 15,41 euros por acção, o valor mais elevado desde Novembro de 2013.

A cotada apresentou os seus resultados a 27 de Julho, tendo reportado um aumento de 15,1% dos lucros no primeiro semestre para 172 milhões de euros.

Ainda neste sector, a Sonae ganha 0,29% para 69,7 cêntimos.

Já a EDP sobe 0,84% para 3,131 euros e a EDP Renováveis ganha 0,99% para 7,17 euros. A Galp Energia contraria a tendência do sector com uma descida de 0,19% para 12,995 euros, numa altura em que o petróleo regista ganhos ligeiros nos mercados internacionais.

A contribuir para os ganhos do PSI-20 estão ainda o BCP, com uma subida de 1,05% para 1,92 cêntimos, e os CTT, que sobem 0,68% para 7,108 euros, recuperando da recente série de perdas.

A evitar maiores ganhos da bolsa nacional, por outro lado, estão a Corticeira Amorim e a Nos. A operadora liderada por Miguel Almeida desce 0,27% para 5,983 euros enquanto a Corticeira Amorim, que atingiu um novo máximo histórico na sessão de ontem, cai 0,12% para 8,23 euros. 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI