Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

JP Morgan diz juros na Europa vão chegar aos 3,5% até final do ano

O JP Morgan reviu em alta as previsões para a evolução dos juros na Zona Euro este ano. A casa de investimento prevê que a taxa de referência chegue aos 3,5% até ao final de 2006, superando todas as previsões conhecidas de outras instituições financeiras.

Maria João Soares mjsoares@negocios.pt 29 de Março de 2006 às 10:41
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O JP Morgan reviu em alta as previsões para a evolução dos juros na Zona Euro este ano. A casa de investimento prevê que a taxa de referência chegue aos 3,5% até ao final de 2006, superando todas as previsões conhecidas de outras instituições financeiras.

O banco norte-americano estima que o Banco Central Europeu aumente os juros em Maio, Julho e mais duas vezes no resto do ano, dado o crescimento económico acima do esperado que se está a verificar na Europa.

«O crescimento está a acelerar na primeira metade do ano mais do que qualquer pessoa estava à espera», disse o economista chefe do JP Morgan num «e-mail» citado pela Bloomberg.

O mercado tem vindo a aumentar as apostas em que o Banco Central Europeu (BCE) vá subir a sua taxa de juro de referência mais vezes este ano mas só até aos 3,25%.

Casas de investimento como o UBS, Credit Suisse e Barclays afirmam mesmo que o BCE deverá aumentar os juros mais cedo do que o previsto, depois de conhecidos dados económicos na Europa como a confiança dos empresários na Alemanha que aumentou inesperadamente em Março.

O economista do UBS, Edward Teather, prevê que o BCE aumente a taxa de juro de referência já em Maio em vez de Junho, e novamente em Julho em vez de Agosto.

Também o Credit Suisse aposta em aumentos para Maio e Julho em detrimento de Junho e Setembro. As três casas de investimento deixaram inalteradas as suas estimativas para as movimentações do BCE no final de 2006.

Para o final do ano, quer o Barclays quer o Credit Suisse esperam uma taxa de juro de referência de 3% no final do ano e a UBS projecta os juros nos 3,25%.

Ver comentários
Outras Notícias