Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Juros das obrigações portuguesas acima dos 5%

As "yields" das Obrigações do Tesouro a 10 anos estão hoje a subir e estão a negociar acima dos 5%, o que não acontecia desde o início de Maio, altura de maior stress no mercado da dívida na Europa.

Patrícia Abreu pabreu@negocios.pt 03 de Junho de 2010 às 15:36
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...
As “yields” das Obrigações do Tesouro a 10 anos estão hoje a subir e estão a negociar acima dos 5%, o que não acontecia desde o início de Maio, altura de maior “stress” no mercado da dívida na Europa.

O prémio pago pela dívida pública portuguesa a 10 anos está a subir 13 pontos base, para os 5,002%, com os investidores a exigirem juros mais elevados para comprar dívida soberana portuguesa.

É a primeira vez que as “yields” das Obrigações do Tesouro superam a barreira dos 5% em um mês, altura em que os investidores estavam a descontar um elevado risco de contágio da crise da dívida pública a países como Portugal e Espanha, o que levou as autoridades europeias a criarem o fundo de emergência para a região no valor de 750 mil milhões de euros.

Nas últimas semanas, os juros da dívida pública portuguesa tem estado a recuar, com os investidores mais tranquilos em relação às contas públicas dos países periféricos, após a aprovação de planos de maior austeridade em Portugal e Espanha. A queda recente reflecte também a intervençãol directa do Banco Central Europeu,que tem compado dívida pública dos países do euro.

O prémio pago pela dívida pública portuguesa está assim a aumentar o diferencial face às “bunds” alemãs, com o “spread” a subir para os 230 pontos base, segundo os cálculos da Bloomberg. As "yields" de Espanha, Grécia, Irlanda e Itália estão também em alta.



Ver comentários
Outras Notícias