Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Juros dos certificados de aforro descem para mínimo de 18 meses

A descida das taxas Euribor e a alteração efectuada pelo Governo traduziram-se num forte corte nos juros dos certificados de aforro a vigorar em Fevereiro. A remuneração bruta da série A e B desce mais de um ponto percentual para 2,60280%, o valor mais ba

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 01 de Fevereiro de 2008 às 00:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A descida das taxas Euribor e a alteração efectuada pelo Governo traduziram-se num forte corte nos juros dos certificados de aforro a vigorar em Fevereiro. A remuneração bruta da série A e B desce mais de um ponto percentual para 2,60280%, o valor mais baixo desde Agosto de 2006. Na nova série o juro bruto cai para 3,488%.

O ICGP anunciou ontem que a taxa de juro bruta para novas subscrições de certificados de aforro, Série C, em Fevereiro de 2008 foi fixada em 3,488%.

As séries A e B foram já extintas, mas o IGCP continua a determinar as taxas de juro destes certificados, para calcular a remuneração dos mais de 700 mil aforradores que têm em carteira este produto de poupança.  

Assim, os certificados de aforro subscritos antes de 26 de Janeiro (entrada em vigor da nova série) pagam em Fevereiro um juro bruto de 2,6028%, menos de um ponto percentual do que o registado em Janeiro (3,72%). A nova remuneração é a mais baixa dos últimos 18 meses e inclusive situa-se já abaixo da taxa de inflação, pelo que pela primeira vez nos últimos anos a rendibilidade real é negativa.

A excepção está nos certificados de aforro subscritos há mais anos, pois beneficiam de prémio de permanência. Assumindo o prémio mais elevado (de 2%), os certificados antigos pagam em Fevereiro um juro bruto máximo de 4,62%.

A forte descida da remuneração está relacionada com a descida da euribor, mas sobretudo com o facto de o Governo ter decidido reduzir o factor de desconto à taxa de remuneração destes certificados de 0,8 para 0,6. Dai que a Deco tenha aconselhado os investidores que têm certificados de aforro há menos de três anos a vendê-los, trocando-os pelos da nova série ou procurando alternativas mais rentáveis na banca.

Mas também o juro da nova série C sobre em Fevereiro um corte substancial. Passa dos 3,892% praticados em Janeiro para 3,488% em Fevereiro, sendo esta descida explicada pela somente pela evolução da euribor.

Ver comentários
Outras Notícias