Obrigações Juros sobem pela primeira vez desde reunião do BCE

Juros sobem pela primeira vez desde reunião do BCE

As taxas das obrigações portuguesas interrompem um ciclo de quatro quedas consecutivas. As “yields” de Itália e Espanha também sobem.
Juros sobem pela primeira vez desde reunião do BCE
Bloomberg
Rui Barroso 15 de março de 2016 às 10:51

As taxas das obrigações portuguesas sobem esta terça-feira, 15 de Março, pela primeira vez desde que o Banco Central Europeu (BCE) anunciou um reforço dos estímulos, na passada quinta-feira. A "yield" das obrigações portuguesas a dez anos sobe 6,9 pontos base para 2,996% e interrompe um ciclo de quatro sessões consecutivas de queda. No dia anterior à reunião do BCE, os investidores exigiam 3,16% para deter dívida portuguesa a dez anos.

As "yields" de Espanha e Itália também sobem esta quarta-feira. No prazo a dez anos, a taxa italiana aumenta 2,9 pontos base para 1,335%. Já a "yield" espanhola sobe 3,4 pontos base para 1,502%. Este comportamento das obrigações do Sul da Europa ocorre numa sessão marcada pelo regresso de alguma aversão ao risco, com as bolsas a regressarem às quedas.

"Os investidores continuam a digerir o novo pacote de medidas de Draghi", referem os analistas do Commerzbank, numa nota a investidores. E acrescentam que avaliar "o alcance total das últimas medidas ‘pode levar tempo mesmo, para os especialistas’ como o membro do Conselho de Governadores do BCE, Liikanen, sugeriu na semana passada".

Mario Draghi trouxe, na semana passada, mais artilharia pesada para a batalha contra a baixa inflação. O BCE vai reforçar o ritmo das compras mensais de activos de 60 mil milhões para 80 mil milhões de euros, cortou todas as taxas de referência, começará a comprar dívida de empresas e anunciou novas operações de refinanciamento para os bancos, em que poderá mesmo pagar para que as entidades financeiras concedam crédito.

No entanto, os investidores mostraram-se reticentes com a frase de Mario Draghi de que, dadas as circunstâncias actuais, não seriam necessários novos cortes nas taxas de referência. 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI