Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Kuwait planeia construir quatro reactores nucleares até 2022

O quinto maior produtor petrolífero da OPEP quer construir quatro reactores nucleares nos próximos 12 anos e acompanha o esforço de reforma energética da região do Golfo.

Hugo Paula hugopaula@negocios.pt 10 de Setembro de 2010 às 10:11
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O emirado acompanha o esforço dos países da região, que procuram fontes alternativas para a produção de electricidade. A possível construção de quatro reactores com capacidade para produzir mil mega watts vai permitir ao país poupar petróleo, que poderá vender nos mercados internacionais.

Em Janeiro, a Comissão da Agência Nacional de Energia Nuclear irá divulgar os seus planos para desenvolver projectos de produção de energia nuclear, segundo disse à Bloomberg o secretário-geral da agência, Ahmad Bishara, à Bloomberg

O Kuwait está em negociações com organismos internacionais sobre como poderá “integrar a energia nuclear no mix de produção energética do Kuwait, nos próximos 20 anos”, disse o responsável à agência noticiosa. “A nossa análise inicial indica que a produção nuclear é viável, desde que o petróleo esteja acima dos 45 a 50 dólares por barril”, acrescentou.

Entre os países que poderão querer converter a produção de energia eléctrica para a fonte nuclear estão outros países da região, como a Arábia Saudita, que é o maior produtor de petróleo do mundo. No entanto utilização e domínio da tecnologia nuclear terão de passar pelo crivo norte-americano e das instituições internacionais, já que, desde 1980, ocorreram três importantes guerras na região.

O Kuwait ratificou um protocolo que dá acesso ao Agência de Energia Atómica às suas futuras instalações nucleares, explicou o analista nuclear do Instituto de Economia Energética, Tomoko Murakami, à Bloombreg. “A necessidade de o Kuwait desenvolver a infra-estruturas energéticas é superior à de outros países árabes, devido à escassez de energia durante o verão”, disse Murakami.

O consumo de energia do Dubai será de 11 mil mega watts este ano e espera-se que cresça ao ritmo de 7% ao ano, acabando por se saldar num num consumo anual de 25 mil mega watts em 2030.

Ver comentários
Outras Notícias