Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Lansdowne reduz aposta na queda do BCP para mínimo de quase três anos

A decisão do investidor é avançada na véspera da apresentação de resultados relativos ao ano de 2019.

ANTÓNIO PEDRO SANTOS
Ana Batalha Oliveira anabatalha@negocios.pt 19 de Fevereiro de 2020 às 17:20
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...

A britânica Lansdowne reduziu a posição curta – que traduz uma aposta na queda – que detinha sobre as ações do BCP, descendo ao nível mais baixo desde 2017.

A posição curta líquida da Lansdowne diminuiu em 12,82% para os 102,8 milhões de ações, o equivalente a 0,68% do capital da cotada a 18 de fevereiro.

Este é o nível mais baixo, em percentagem do capital, de aposta na queda da cotada da parte deste investidor desde 14 de março de 2017.

O BCP fechou a sessão com uma valorização de 0,16% para os 19,18 cêntimos, na véspera da apresentação de resultados relativos ao ano de 2019, que vão ser revelados  esta quinta-feira, 20 de fevereiro.

Ver comentários
Saber mais Lansdowne economia negócios e finanças BCP
Outras Notícias