Trading Levi Strauss anuncia IPO de 100 milhões de dólares

Levi Strauss anuncia IPO de 100 milhões de dólares

A fabricante das icónicas jeans quer levantar até 100 milhões de dólares na operação.
Levi Strauss anuncia IPO de 100 milhões de dólares
Reuters
Rita Faria 13 de fevereiro de 2019 às 15:27
A Levi Strauss & Co vai entrar em bolsa. A empresa norte-americana de vestuário, conhecida sobretudo pelos seus icónicos jeans, vai realizar um IPO em que pretende levantar até 100 milhões de dólares, de acordo com o registo apresentado esta quarta-feira, 13 de fevereiro, ao regulador dos Estados Unidos.

A empresa mandatou 12 bancos para esta operação, liderados pelos Goldman Sachs e o JPMorgan.

De acordo com o prospeto, a empresa teve lucros de 285 milhões de dólares no ano terminado a 25 de novembro, acima dos 281 milhões registados no período homólogo. Já as receitas aumentaram de 4,9 para 5,6 mil milhões.

O dinheiro levantado nesta operação será utilizado para aquisições ou outros investimentos estratégicos, assim como para cobrir custos operacionais.

A empresa, com sede na Califórnia, é detida atualmente pelos descendentes da família de Levi Strauss, o imigrante alemão que se estabeleceu nos Estados Unidos e fundou a companhia em 1853.

Esta não será a primeira vez que a Levi Strauss protagoniza um IPO. Fê-lo pela primeira vez em 1971, gerando receitas de cerca de 50 milhões de dólares. Na altura, foi um dos maiores IPOs de todos os tempos, mesmo com a família a manter uma grande participação no capital.

Contudo, a queda dos lucros e a descida do preço das ações levaram os descendentes de Levi Strauss a recompraram as ações e tirarem a empresa de bolsa em 1984, num investimento de 1,7 mil milhões de dólares.

Depois de os lucros terem voltado a cair nos últimos anos, a empresa melhorou os seus números em 2018. Em outubro, a empresa revelou que as suas receitas cresceram 10% no trimestre terminado em agosto, para um total de 1,4 mil milhões de dólares. Já os lucros cresceram 45% para 130 milhões de dólares. A empresa também reduziu a sua dívida para metade nos últimos dois anos.

A Levi Strauss é liderada por Chip Bergh, CEO e presidente desde 2011.



Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI