Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Lisboa abre no verde animada pelos ganhos do grupo EDP

Donald Trump anunciou que vai impor tarifas alfandegárias às importações chinesas. Mas decidiu "poupar" cerca de 300 produtos. Esta medida está a oferecer algum alívio às bolsas europeias e Lisboa está a acompanhar. O PSI-20 abriu no verde, animado pelos ganhos do grupo EDP.

A carregar o vídeo ...
Rita Atalaia ritaatalaia@negocios.pt 18 de Setembro de 2018 às 08:23
O presidente norte-americano decidiu, na segunda-feira, impor tarifas alfandegárias às importações chinesas. Mas Donald Trump afirmou que vai "poupar" 300 produtos em relação à lista inicial. Esta medida está a animar as praças europeias e a contagiar Lisboa. A bolsa nacional abriu no verde, à boleia dos ganhos do grupo EDP.

O índice de referência nacional, o PSI-20, abriu em alta de 0,19% para 5.338,70 pontos, com 11 cotadas a subir, quatro em baixa e três inalteradas.

A animar a praça portuguesa segue o grupo EDP. A casa-mãe está a subir 1,07% para 3,299 euros, enquanto a subsidiária EDP Renováveis valoriza 0,47% para 8,47 euros. 

Ainda do lado dos ganhos, destaque para a Jerónimo Martins, com a retalhista a ganhar 0,69% para 13,10 euros. Mas também para a Corticeira Amorim (+0,18%), Navigator (+0,47%) e Semapa (+0,23%). 

A limitar os ganhos do índice nacional segue o BCP e a Galp Energia. O banco liderado por Miguel Maya cai 0,33% para 24,46 cêntimos, enquanto a petrolífera cede 1,28% para 16,24 euros, num dia em as acções passam a negociar sem direito ao dividendo intercalar de 27,5 cêntimos, que será distribuído no dia 20 de Setembro.
Ver comentários
Saber mais Lisboa Donald Trump PSI-20 presidente norte-americano mercado financeiro macroeconomia
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio