Mercados Lucros dos bancos animam abertura de Wall Street

Lucros dos bancos animam abertura de Wall Street

O JPMorgan e o Citigroup abriram a temporada de resultados referentes ao terceiro trimestre de forma positiva, dando força à abertura dos principais mercados de Wall Street. As negociações com a China passaram para segundo plano.
Lucros dos bancos animam abertura de Wall Street
Reuters
Gonçalo Almeida 15 de outubro de 2019 às 14:42

O Dow Jones sobe 0,45% para os 26.908,88 pontos, o Nasdaq ganha 0,36% para 8.078,45 pontos e o S&P500 avança 0,44% para 2.979,40 pontos.

As boas prestações das principais bolsas norte-americanas foram precipitadas pela abertura da época de resultados, que começou de forma vitoriosa para o JP Morgan Chase & Co e também para o Citigroup, com ambos os bancos a baterem as estimativas de lucro dos analistas.

No caso do JPMorgan, o banco revelou que os seus lucros cresceram 8,4% no terceiro trimestre para 9,1 mil milhões de dólares, e as ações avançam por esta altura 1,6%. O Citigroup divulgou receitas de 18,6 mil milhões, a superarem as estimativas de 18,54 mil milhões. 

Pelo contrário, o Goldman Sachs e o Wells Fargo ficaram aquém das expectativas e caem entre 1% e 3%.

No geral, os analistas da Reuters esperam que o setor da banca tenha uma queda de 1,2% nos lucros, no terceiro trimestre deste ano.

A euforia que circunda a época de resultados transferiu as negociações entre os EUA e a China para segundo plano, numa altura em que ainda terão de ser dados alguns passos para que o acordo parcial entre ambos, iniciado na última sexta-feira, seja selado.

Hoje, a China disse que queria avançar com a compra de 50 mil milhões de dólares em produtos dos EUA, mas só se Donald Trump se comprometer a retirar as tarifas impostas às empresas chinesas, segundo uma fonte próxima do assunto contou à Bloomberg.

 




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI