Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Lunding paga 1 euro aos accionistas das Pirites Alentejanas por cada acção detida

A Zinc Holdings, subsidiária da Lundin Mining que detém o capital maioritário da Pirites Alentejanas, vai pagar um euro aos accionistas que detenham acções da empresa. A Zinc convocou uma assembleia geral para que se deliberar a perda de sociedade aberta da Pirites.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 26 de Dezembro de 2008 às 16:56
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Zinc Holdings, subsidiária da Lundin Mining que detém o capital maioritário da Pirites Alentejanas, vai pagar um euro aos accionistas que detenham acções da empresa. A Zinc convocou uma assembleia geral para que se deliberar a perda de sociedade aberta da Pirites.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Pirites Alentejanas (dona das Minas de Aljustrel) convocou uma AG para determinar a perda de sociedade aberta da empresa.

A accionistas Zinc, que detém mais de 99% do capital da Pirites, vai pagar 1 euro por cada acção que os accionistas detenham. Se “o auditor nomeado para a avaliação do valor da contrapartida a pagar pela aquisição das acções em virtude de perda da qualificação de sociedade aberta fixe valor superior, a oferente Zinc compromete-se a pagar o excedente”, revela o comunicado.

A AG foi convocada para o dia 29 de Janeiro.

A MTO, ‘holding’ pessoal dos irmãos Carlos e Jorge Martins, donos da Martifer, vai ser a futura proprietária da empresa Pirites Alentejanas, tal como foi anunciado no início do mês.

Ver comentários
Outras Notícias