Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Maior fundo de pensões do mundo regista ganho recorde de 87 mil milhões no final de 2016

O fundo de pensões do Japão viu o valor dos seus activos aumentar em 87 mil milhões de euros no último trimestre, com a subida das acções japonesas e a queda do iene.

O Japão está em nono lugar no ranking GPI.
Rita Faria afaria@negocios.pt 03 de Março de 2017 às 12:06
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...

O maior fundo de pensões do mundo viu a sua fortuna crescer ao ritmo mais acelerado da sua história no quarto trimestre do ano passado, com a subida das acções japonesas e a queda do iene, que impulsionou os investimentos além-fronteiras, após a vitória de Donald Trump nas eleições presidenciais dos Estados Unidos.

No período entre Outubro e Dezembro, o fundo de pensões do Japão registou um ganho de 10,5 biliões de ienes (cerca de 87 mil milhões de euros), que aumentou para 144,8 biliões de ienes o valor dos seus activos.

Segundo os dados revelados pelo fundo esta sexta-feira, 3 de Março, as acções japonesas resultaram num ganho de 4,6 biliões de ienes, com o Topix a registar o seu melhor trimestre desde 2013, e a compensar as perdas decorrentes da descida da rentabilidade das obrigações.

 

As acções estrangeiras e os produtos de dívida subiram, com o iene a registar a maior queda face ao dólar em mais de duas décadas.

O segundo ganho trimestral consecutivo segue-se aos prejuízos apresentados no segundo trimestre de 2016, que anularam todos os ganhos registados desde que o fundo mudou a sua estratégia em 2014, passando a apostar mais em acções e menos em obrigações.

As acções japonesas representam 24% dos investimentos do fundo e as acções estrangeiras 23%. Os níveis definidos para o portefólio são 35% de dívida doméstica, 15% de obrigações estrangeiras, 25% de acções japonesas e 25% de acções estrangeiras. 

Ver comentários
Saber mais Japão acções obrigações fundo de pensões
Outras Notícias