Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Mais portugueses pediram crédito automóvel em 2019, mas montante baixou

Em 2019, o número de novos contratos de crédito automóvel aumentou, mas o montante do crédito baixou.

Tiago Varzim tiagovarzim@negocios.pt 17 de Fevereiro de 2020 às 11:35
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O número de contratos de crédito automóvel aumentou de 200,3 mil em 2018 para 211 mil em 2019, uma subida superior a 5%, segundo os dados dos novos créditos ao consumidor divulgados esta segunda-feira, 17 de fevereiro, pelo Banco de Portugal.

Por outro lado, apesar da subida do número de contratos, o montante envolvido baixou no conjunto do ano de 3,12 mil milhões de euros em 2018 para 2,99 mil milhões de euros em 2019, o que representa uma queda superior a 4%.

Uma das conclusões que se pode retirar destes dados é que o valor médio do crédito automóvel passou de 15,6 mil euros em 2018 para 14,2 mil euros em 2019.

Esta tendência que se registou no conjunto do ano marcou também dezembro, mês para o qual foram revelados os dados hoje. Nesse mês, em termos homólogos, o montante do crédito automóvel baixou 0,4% para os 270 milhões de euros. Já o número de contratos aumentou 0,3% para os 18,1 mil.

No ano passado, as vendas de carros caíram pela primeira vez desde 2012. Segundo a Associação Automóvel de Portugal (ACAP), a queda foi de 2% para as 267.828 unidades.

Quanto aos restantes créditos aos consumidores, o crédito pessoal aumentou 17,1% para os 297 milhões de euros em dezembro, tendo sido pedido por 44,5 mil pessoas, mais 11% do que no período homólogo. 

Nos cartões de créditos e nas linhas a descoberto, o montante do crédito subiu 2,2% para os 101 milhões de euros e o número de contratos aumentou 9,1% para os 83,6 mil consumidores.

Estes valores são provisórios e sujeitos a revisões.
Ver comentários
Saber mais crédito automóvel Banco de Portugal carro empréstimo crédito
Mais lidas
Outras Notícias