Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Máximo do petróleo provoca quedas em Wall Street

As acções americanas fecharam com quedas contidas, em reacção ao facto de o petróleo ter hoje atingido um novo máximo de sempre. O Nasdaq caiu 0,09% e o Dow Jones desceu 0,13%.

Negócios negocios@negocios.pt 20 de Junho de 2005 às 21:06
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As acções americanas fecharam com quedas contidas, em reacção ao facto de o petróleo ter hoje atingido um novo máximo de sempre. O Nasdaq caiu 0,09% e o Dow Jones desceu 0,13%.

O Nasdaq fechou a valer 2.088,13 pontos e o Dow Jones terminou a sessão nos 10.609,11 pontos.

O petróleo fixou hoje novos máximos históricos, com o mercado a especular que as refinarias norte-americanas não terão capacidade para produzir o combustível necessário para responder à procura. Em Nova Iorque o crude atingiu um recorde nos 59,52 dólares, aproximando-se cada vez mais da barreira dos 60 dólares.

Os mercados accionistas estão assim a ser castigados com a possibilidade de os altos preços dos bens energéticos afectar os resultados das empresas e a evolução das economias. A subida do petróleo também provoca pressões inflacionistas, que pressionam a Reserva Federal a continuar a subir os juros.

A pressionar os índices estavam assim as empresas mais dependentes dos custos da matéria-prima e da evolução do consumo.. Em sentido contrário estiveram as produtoras de petróleo, com a Exxon Mobil a valorizar 0,1%.

Nas tecnológicas, a eBay desvalorizou 2,18% depois do «Wall Street Journal» ter noticiado que o Google está a equacionar oferecer um serviço concorrente do PayPal, que é detido pela eBay. As acções do Google subiram 2,28%.

A Cablevision disparou 19,32% depois da empresa ter sido alvo de uma oferta pública de aquisição por parte do seu maior accionista, a família Dolan, que visa retirar a empresa de televisão por cabo de bolsa.

Ver comentários
Outras Notícias