Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Merlin Properties estreia-se em Lisboa a somar quase 2%

A Merlin Properties entra na bolsa de Lisboa com o "pé direito": mostra ganhos relativamente ao preço de fecho em Madrid.

Sérgio Lemos
Ana Batalha Oliveira anabatalha@negocios.pt 15 de Janeiro de 2020 às 09:09
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A bolsa nacional abriu com um novo elemento esta quarta-feira, 15 de janeiro: a Merlin Properties estreou-se a cotar nos 12,60 euros, que representam uma subida de quase 2% em relação ao preço de fecho da contada na última sessão em Madrid. 

A Merlin Properties conta com 727 ações negociadas em Lisboa e exibe uma capitalização bolsista de 5.919 mil milhões. Em Espanha, a imobiliária fechou ontem nos 12,37 euros e segue hoje a perder 0,40% para os 12,32 euros, contando com um valor de mercado de 5.787,6 mil milhões de euros. 

Esta imobiliária espanhola, que também possui ativos em Portugal, optou por passar a cotar em Lisboa para além de Madrid, Valência, Barcelona e Bilbao. Veio para cá seguindo o modelo de ‘dual listing’, isto é, a negociar com os mesmos ativos com que está presente no mercado espanhol. O objetivo, segundo os responsáveis, é a aproximação aos investidores portugueses e os ganhos em termos de visibilidade.

O dividendo é visto como um dos pontos fortes da Merlin Properties. Na cerimónia de admissão da cotada em bolsa, que aconteceu na véspera da estreia, o CEO da Merlin Properties, Ismael Clemente, confirmou que "o investidor que entrar agora tem direito aos 32 cêntimos que serão previsivelmente declarados" na próxima assembleia-geral. Isto depois de já terem sido distribuídos 20 cêntimos no passado outubro, que ditam que pelo exercício de 2019 os acionistas da Merlin recebam um total de 52 cêntimos por título.

Esta cotada terá de esperar pela revisão do PSI-20, que acontece em março, para poder vir a cotar no índice nacional. Esta "promoção" está sobretudo dependente da liquidez da negociação, uma vez que os rácios necessários em termos de capitalização bolsista serão, à partida, "facilmente" cumpridos pela Merlin, adiantou a presidente da Euronext na mesma cerimónia de admissão, Isabel Ucha.
Ver comentários
Saber mais Merlin Properties Lisboa Madrid economia negócios e finanças mercado e câmbios bolsa macroeconomia mercado financeiro
Mais lidas
Outras Notícias