Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Moeda europeia negoceia acima dos 1,24 dólares

O euro avança mais de 1% e negoceia acima dos 1,24 dólares no dia em que o Banco Central Europeu (BCE) concedeu um empréstimo de 111 mil milhões de euros aos bancos europeus, para os ajudar a reembolsar o programa de financiamento a 12 meses de 442 mil milhões de euros que hoje termina.

Negócios negocios@negocios.pt 01 de Julho de 2010 às 15:27
  • Partilhar artigo
  • 4
  • ...
O euro avança mais de 1% e negoceia acima dos 1,24 dólares no dia em que o Banco Central Europeu (BCE) concedeu um empréstimo de 111 mil milhões de euros aos bancos europeus, para os ajudar a reembolsar o programa de financiamento a 12 meses de 442 mil milhões de euros que hoje termina.

A moeda europeia avança pela segunda sessão consecutiva e ganha 1,46% para negociar nos 1,2417 dólares. O euro está em alta face a 16 das moedas mais transaccionadas a nível mundial.

A divisa da Zona Euro acentuou os ganhos registados na sessão de ontem, depois do BCE ter concedido um empréstimo de 111 mil milhões de euros aos bancos europeus, para os ajudar a reembolsar o programa de financiamento a 12 meses de 442 mil milhões de euros que hoje termina.

Foram 78 os bancos europeus que participaram no leilão de hoje, com uma maturidade de seis dias e um juro de 1%.

Hoje terminou o programa de refinanciamento a 12 meses, através do qual o BCE emprestou 442 mil milhões de euros aos bancos europeus no Verão passado. Hoje os bancos têm de reembolsar o BCE, pelo que a autoridade monetária necessitou de efectuar este leilão a seis dias.

Percentagem de euros e dólares nas reservas internacionais cai no primeiro trimestre

O dólar segue também em queda face ao iene, tendo já tocado no nível mais baixo dos últimos seis meses, depois de ser conhecido que os pedidos de subsídio de desemprego nos Estados Unidos subiram, inesperadamente, na semana passada.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) revelou esta manhã que a percentagem de euros e dólares nas reservas globais caiu durante o primeiro trimestre do ano, já que os bancos centrais estão a aumentar a percentagem de divisas de outras economias.

A percentagem de dólares caiu para 61,5% entre Janeiro e Março deste ano, o valor mais baixo em mais de dez anos. Já a percentagem de euros caiu de 27,3% para 27,2%, enquanto a percentagem de ienes subiu e a de libras ficou inalterada.
Ver comentários
Outras Notícias