Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Nasdaq cede terreno penalizado por resultados da Apple e Microsoft

Os principais índices bolsistas norte-americanos encerraram em terreno negativo na sessão desta quarta-feira, com o tecnológico Nasdaq Composite a ser penalizado pelos resultados abaixo do esperado por parte da Apple e Microsoft.

Bloomberg
Carla Pedro cpedro@negocios.pt 22 de Julho de 2015 às 22:40
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O Nasdaq Composite fechou a recuar 0,70% para 5.171,77 pontos, a distanciar-se do máximo histórico estabelecido na segunda-feira (5.231,94 pontos), ainda animado na altura pelas contas animadoras da Google.

 

A contribuir para o mau desempenho esta quarta-feira estiveram títulos como a Apple, Microsoft e Yahoo, cujos resultados e estimativas para o resto do ano – apresentados na terça-feira depois do fecho de Wall Street – decepcionaram os investidores.

 

A Apple fechou a cair 4,23% para 125,22 dólares, a Microsoft desvalorizou 3,68% para 45,54 dólares, e a Yahoo registou uma depreciação de 1,23% para terminar a valer 39,24 dólares.

 

A tecnológica liderada por Tim Cook registou mesmo a maior queda deste ano (chegou a afundar 6,70% durante a sessão ) e perdeu na sessão de hoje mais de 32 mil milhões de dólares do seu valor, o que também acabou por atingir os seus fornecedores de todo o mundo. A Cirrus Logic, a Skyworks Solutions e a Avago Technologies desceram todas mais de 3,6%.

 

Já na véspera os resultados abaixo do esperado por parte de algumas empresas de peso nos EUA, como foi o caso da IBM, contribuíram para o sentimento negativo nas bolsas do outro lado do Atlântico.

 

O Standard & Poor’s 500, por seu lado, perdeu 0,2% para 2.114,09 pontos, e o Dow Jones cedeu 0,38% para 17.851,04 pontos.

 

A travar maiores perdas nestes dois índices esteve a boa performance da banca, bem como os resultados positivos da Whirlpool e da Chipotle. 

Ver comentários
Saber mais Wall Street bolsa S&P 500 Dow Jones Nasdaq Composite
Mais lidas
Outras Notícias