Bolsa Negócios vence prémio da Euronext

Negócios vence prémio da Euronext

A jornalista Patrícia Abreu venceu o prémio para o melhor artigo publicado em 2017 na imprensa sobre o mercado de capitais.
Negócios vence prémio da Euronext
Miguel Baltazar/Negócios
Negócios 20 de fevereiro de 2018 às 22:26

A jornalista Patrícia Abreu do Negócios venceu o prémio para o melhor artigo publicado em 2017 na imprensa sobre o mercado de capitais, com o trabalho "Quem é o hedge fund a apostar na queda da bolsa?".

 

A distinção foi entregue hoje na Via Bolsa, um evento organizado pela Euronext Lisbon.

 

O trabalho vencedor debruça-se sobre o "hedge fund" criado em 1997 por Paul Marshall e Ian Wace, o Marshall Wace, sublinhando que as empresas portuguesas têm estado na mira dos gestores. 

 

"O Marshall Wace é um dos ‘hedge funds’ mais activos na bolsa portuguesa. Mas não é o tipo de investimento que agrada aos administradores das cotadas. Ainda que a gestora concilie estratégias de longo e de curto prazo, a sua aposta em Lisboa tem-se concentrado apenas em posições negativas. E as participações a descoberto, que ganham com a descida das acções, estão a aumentar", refere o trabalho de Patrícia Abreu.

 

Na edição do ano passado, foi também o Negócios que venceu este prémio, com um trabalho sobre diferenças salariais nas cotadas, assinado por Rui Barroso, Patrícia Abreu, Paulo Moutinho, Elisabete Miranda e Catarina Almeida Pereira.

O trabalho em torno das diferenças dos vencimentos auferidos em empresas do PSI-20 (entre colaboradores, CEO, homens e mulheres), publicado em Maio de 2016, venceu na categoria "Melhor Artigo em Mercados Financeiros".




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
mais votado Parabéns ao Negócios, Parabéns à sua Jornalista 21.02.2018

É sempre motivo de orgulho para um jornal e seus leitores,
ter naquele um premiado por instituição de referência.
Que tal constitua incentivo para que o JN prossiga missão que,
se todos em Portugal reconhecem como urgente e prioritária,
a elevação do nível de literacia financeira do Povo Português,
apenas o JN, a Deco e poucos mais,
tem oferecido provas de passar do campo das ocas evocações
ao domínio das efetivas preocupações.
Para mim, leitor anónimo, é tal a razão para que
ao romper da aurora e muito longe de Portugal, daqui envie:
Parabéns ao Negócios, Parabéns à sua Jornalista.

comentários mais recentes
Como vencer próximo prémio 21.02.2018

Faz uma entrevista ao Basílio Horta,
desvenda os seus segredos
para conseguir multiplicar por 8 o seu património em 8 anos,
acabando investido em…depósitos a prazo !
Poderás ganhar a imortalidade como jornalista ,
a fortuna como investidora,
e o reconhecimento que seguramente desejarás,
de que tens ainda mais mérito como jornalista
do que como apresentadora de televisão.

Parabéns ao Negócios, Parabéns à sua Jornalista 21.02.2018

É sempre motivo de orgulho para um jornal e seus leitores,
ter naquele um premiado por instituição de referência.
Que tal constitua incentivo para que o JN prossiga missão que,
se todos em Portugal reconhecem como urgente e prioritária,
a elevação do nível de literacia financeira do Povo Português,
apenas o JN, a Deco e poucos mais,
tem oferecido provas de passar do campo das ocas evocações
ao domínio das efetivas preocupações.
Para mim, leitor anónimo, é tal a razão para que
ao romper da aurora e muito longe de Portugal, daqui envie:
Parabéns ao Negócios, Parabéns à sua Jornalista.

pub