Mercados Novabase aprova dividendo extraordinário de 50 cêntimos

Novabase aprova dividendo extraordinário de 50 cêntimos

Os acionistas da Novabase aprovaram o pagamento de um dividendo extraordinário de 50 cêntimos por ação, que resulta de distribuição de reservas e de uma parte relativa à redução do capital social.
Novabase aprova dividendo extraordinário de 50 cêntimos
Rita Faria 26 de setembro de 2019 às 17:45

A Novabase vai pagar um dividendo extraordinário de 50 cêntimos por ação, proposta que foi anunciada no âmbito da apresentação do plano estratégico e aprovada esta quinta-feira, 26 de setembro, na assembleia geral extraordinária.

Este dividendo é composto por 36 cêntimos relativos à distribuição de reservas, a que se somam 14 cêntimos relativos à libertação de excesso de capital que será efetuada através de uma redução do capital social.

A assembleia-geral extraordinária aprovou "o pagamento aos acionistas de € 11.304.501,84 (onze milhões, trezentos e quatro mil, quinhentos e um euros e oitenta e quatro cêntimos), das reservas e resultados acumulados distribuíveis, correspondente a um total de € 0,36 (trinta e seis cêntimos de euro) por ação, relativamente ao número total de ações emitidas", lê-se no comunicado emitido pela Novabase.

Quanto ao capital social, os acionistas aprovaram uma redução de "15.700.697 (quinze milhões, setecentos mil, seiscentos e noventa e sete euros) para € 11.304.501,84 (onze milhões, trezentos e quatro mil, quinhentos e um euros e oitenta e quatro cêntimos), destinada à libertação de excesso de capital" a efetuar através da redução do valor nominal das ações e da atribuição aos acionistas da importância libertada, no montante de € 4.396.195,16 (quatro milhões, trezentos e noventa e seis mil, cento e noventa e cinco euros e dezasseis cêntimos), correspondendo a 14 cêntimos por ação.

Paralelamente, os acionistas deram luz verde a um aumento do capital social de 11.304.501,84 para 54.638.425,56 "por incorporação do montante de 43.333.923,72 da reserva de prémios de emissão, mediante o aumento do valor nominal da totalidade das ações representativas do capital social no valor de € 1,38 (um euro e trinta e oito cêntimos), passando o valor nominal de cada ação a ser de € 1,74 (um euro e setenta e quatro cêntimos)".

Tal como já havia sido anunciado, foi ainda aprovada a possível implementação de um plano de médio ou longo prazo de atribuição de uma remuneração variável aos membros do conselho de administração e colaboradores da Novabase com base na performance das ações da empresa.

Por fim, foi também aprovado um programa de recompra de ações próprias da Novabase e a eleição de Paulo Jorge de Barros Pires Trigo como novo membro do conselho de administração.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI