Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

OPEP mantém produção de petróleo nos 28 milhões barris

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) decidiu manter a produção do grupo no nível mais elevado dos últimos 26 anos. A decisão foi unânime e segundo declarações dos responsáveis a organização está preparada para qualquer interrupção de f

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 31 de Janeiro de 2006 às 14:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) decidiu manter a produção do grupo no nível mais elevado dos últimos 26 anos. A decisão foi unânime e segundo declarações dos responsáveis a organização está preparada para qualquer interrupção de fornecimento por parte do Irão.

Os responsáveis da OPEP estiveram hoje reunido e decidiram manter os níveis de produção da organização nos 28 milhões de barris por dia, o que representa o nível mais alto dos últimos 26 anos. A próxima revisão será efectuada na reunião de Março.

A decisão foi unânime afirmou o ministro do petróleo da Arábia Saudita, Ali al-Naimi, que acrescentou que a OPEP está preparada para qualquer interrupção de fornecimento por parte do Irão, de acordo com a Bloomberg.

Nos últimos tempos, a preocupação com uma possível interrupção de fornecimento por parte do Irão tem crescido isto porque a tensão entre os EUA, a Europa e o Irão tem vindo a crescer devido ao programa nuclear do país.

O ministro da energia da Líbia, Fathi Shatwan, disse à Bloomberg que os responsáveis da OPEP consideram que «o fornecimento continua acima da procura, mas os problemas geopolíticos estão a ter um grande efeito no mercado».

Os 11 membros da OPEP são responsáveis por um terço do petróleo mundial.

O petróleo, que durante a manhã não negociou com tendência definida, reagiu em queda após a decisão da OPEP e das declarações do ministro do Irão. O ministro do petróleo do Irão disse hoje que o país não tenciona reduzir os fornecimentos de matéria-prima caso o conselho de segurança da ONU leve a discussão o programa nuclear do país.

O West Texas Intermediate (WTI) [cl1], negociado em Nova Iorque, recuava 0,59% para os 67,95 dólares e o «brent» [co1], transaccionado em Londres, descia 0,75% para os 66,09 dólares.

Ver comentários
Outras Notícias