Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Operação “é histórica para a nossa instituição e para o país”

Abel Mateus acredita que após a fusão entre a Sonaecom e a PT, vão surgir muitos operadores no mercado nacional e acrescenta que esta operação foi histórica para o país e para a instituição a que preside.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 22 de Dezembro de 2006 às 17:42
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Abel Mateus acredita que após a fusão entre a Sonaecom e a PT, vão surgir muitos operadores no mercado nacional e acrescenta que esta operação foi histórica para o país e para a instituição a que preside.

"É errado dizer que vamos passar de três para dois operadores. Vamos criar muitos operadores com as condições impostas nesta operação", afirmou hoje o presidente da Autoridade da Concorrência (AdC), durante a apresentação do projecto final de decisão sobre a OPA da Sonaecom sobre a PT.

"Há condições para se criar muito mais operadores do que aqueles que existem hoje", sublinhou Abel Mateus.

O presidente do regulador afirmou que esta operação "é histórica para a nossa instituição e para o país e estamos convencidos que vai beneficiar os consumidores portugueses".

Para além dos consumidores, esta operação deverá ter "um impacto significativo na estrutura concorrencial criando maior inovação e qualidade nos serviços", já que vão existir duas redes a concorrer entre si.

"Foi por isso que optamos pela não oposição", diz Abel Mateus.

Sobre o tempo que a operação demorou a ser analisada, o presidente da AdC afirmou estar "descansado", considerando que existiu um trabalhado "muito sério e aprofundado".

Ver comentários
Outras Notícias