Mercados Os conselhos de Pedro Caldeira para investir em bolsa

Os conselhos de Pedro Caldeira para investir em bolsa

A bolsa não é jogo, nem é possível ganhar sempre. Mas há algumas regras que qualquer pequeno investidor devia seguir para ganhar dinheiro em bolsa e perder o menos possível.
Negócios 16 de outubro de 2009 às 11:09
A bolsa não é jogo, nem é possível ganhar sempre. Mas há algumas regras que qualquer pequeno investidor devia seguir para ganhar dinheiro em bolsa e perder o menos possível.

Em "Hora de investir?", Pedro Caldeira deixa oito conselhos, como "não acredite em tudo o que lhe dizem" ou "diversifique os investimentos", passando pelo "não nade contra a maré".

Neste manual de bolsa, o ex-corretor explica algumas definições básicas dos mercados e os seus intervenientes, relata episódios que viveu há mais de duas décadas e debruça-se sobre a crise financeira evidenciada em 2008. Crítico das actuações que tiveram os bancos centrais e os supervisores em todo o mundo, Caldeira defende que as regras têm de mudar, designadamente os conflitos de interesse e a promiscuidade que existe entre os vários intervenientes.

Nascido em 1950 e corretor até 1992, atraiu para Portugal alguns dos maiores investidores do mundo, como Robert Maxwell, George Soros ou Jim Rogers.

Com o livro agora publicado pela Prime Books, Pedro Caldeira escusa-se a perspectivar o comportamento dos mercados ou a aconselhar a compra ou venda de acções. Deixa sim o contributo de 40 anos de experiência.