Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ouro pode continuar escalada com queda do dólar e terrorismo

O ouro poderá continuar a escalada que elevou o seu preço acima dos 400 dólares (327,11 euros) por onça, o valor mais alto dos últimos sete anos, devido à queda do dólar e às ameaças de ataques terroristas, com os investidores a recorrerem ao metal como m

Bernardo Meira bmeira@mediafin.pt 09 de Dezembro de 2003 às 19:49
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O ouro poderá continuar a escalada que elevou o seu preço acima dos 400 dólares (327,11 euros) por onça, o valor mais alto dos últimos sete anos, devido à queda do dólar e às ameaças de ataques terroristas, com os investidores a recorrerem ao metal como moeda refúgio.

«Ter uma posição no ouro dá-nos protecção num período difícil dos mercados financeiros», afirmou John Hathaway, que este ano acrescentou mais títulos de ouro aos 750 milhões de dólares (613,35 milhões de euros) em fundos de ouro que gere na Tocqueville Asset Management, em Nova Iorque. «É como fazer um seguro», acrescentou, segundo a Bloomberg.

A transacção de futuros de ouro na New York Mercantile Exchange (Nymex), totalizou o recorde de 1,4 milhões de contratos em Novembro. O aumento do interesse dos investidores impulsionou a oferta de acções da Gold Bullion Securities na praça londrina, permitindo que o ouro fosse comprado e vendido em bolsa pela primeira vez.

O ouro, que nos últimos dois anos aumentou quase 50%, pode valorizar ainda mais, à medida que os investidores vão cobrindo o risco contra possíveis quedas da divisa norte-americana.

O preço do ouro está definido em dólares, quando transaccionado internacionalmente. Desde o início do ano, o dólar perdeu 17% do seu valor contra o euro, inversamente proporcional aos 17% de ganho do ouro no mesmo período de tempo. O dólar ainda depreciou 8% contra a libra e 10% contra o iene.

O ouro, para entrega imediata, aumentou até um máximo de 0,5% para os 409,55 dólares (334,93 euros), em Londres, ao longo da sessão de hoje, o valor mais alto desde Fevereiro de 1996. O dólar desceu para um novo mínimo de 1,2276 dólares contra o euro.

Outras Notícias