Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ouro ultrapassa os 400 dólares e euro fixa novo máximo histórico

O ouro atingiu um máximo de mais de 400 dólares (334,91 euros) por onça, pela primeira vez desde 1996, depois da desvalorização do dólar perante o euro e outras moedas. A moeda única negoceia no valor mais elevado de sempre.

Ana Filipa Rego arego@negocios.pt 19 de Novembro de 2003 às 09:18
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O ouro atingiu um máximo de mais de 400 dólares (334,91 euros) por onça, pela primeira vez desde 1996, depois da desvalorização do dólar perante o euro e outras moedas. A moeda única negoceia no valor mais elevado de sempre.

O euro voltou hoje a bater no valor mais alto de sempre relativamente ao dólar, tendo chegado a negociar num máximo de 1,1978 dólares (1 euro) depois da publicação de um relatório do Governo norte-americano onde se lia que o investimento estrangeiro em acções e obrigações norte-americanas caiu para o valor mais baixo dos últimos cinco anos.

Desde o seu valor mais baixo em Abril, o ouro [golds] já subiu 23%, o que coincidiu com os ganhos de 12% do euro e de 11% do iene face ao dólar.

Esta subida de preços do metal precioso poderá levar empresas, como a Newmont Mining Corp - maior produtora de ouro do mundo - e a japonesa Sumitomo Metal Mining Co, a investirem em novas minas.

O preço do ouro tem sido também afectado pela guerra no Iraque e pelas ameaças de ataques terroristas nos Estados Unidos.

O máximo histórico do euro torna mais barata a aquisição do ouro para os europeus, uma vez que este é transaccionado na divisa americana.

O contracto de futuro sobre o ouro atingiu uma subida máxima de 3,10 dólares (2,60 euros), ou 0,8% para os 400,70 dólares (335,50 euros) por onça. O ouro à vista subiu 0,45 % para os 400,55 dólares (335,37 euros).

Ver comentários
Outras Notícias