Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Pais do Amaral diz que a coesão accionista impede OPA hostil

O núcleo de accionistas da Media Capital, com cerca de 45% do capital da empresa, está solidificado e, por isso, «não vejo como se possa falar de uma OPA hostil», afirmou hoje Miguel Pais do Amaral, num encontro com analistas organizado pelo BPI, em Madri

Ricardo Domingos rdomingos1@gmail.com 20 de Junho de 2005 às 13:08
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O núcleo de accionistas da Media Capital, com cerca de 45% do capital da empresa, está solidificado e, por isso, «não vejo como se possa falar de uma OPA hostil», afirmou hoje Miguel Pais do Amaral, num encontro com analistas organizado pelo BPI, em Madrid.

À saída de uma apresentação feita no evento «Iberian Small & Mid Caps», o presidente da Media Capital [MCP] afirmou que «não vejo como é que alguém pode falar de uma OPA hostil quando há cerca de 45%» do capital reunido no núcleo de accionistas.

A Vertix, «holding» controlada por Pais do Amaral, detém 35% da Media Capital, enquanto a Caixa Geral de Depósitos (CGD) e o Banco Espírito Santo (BES) [BESNN] controlam 7%.

A dona da TVI tem vindo a ser alvo de rumores de uma eventual oferta pública de aquisição (OPA), com a italiana Mediaset, controlada pelo primeiro-ministro Silvio Berlusconi, e os alemães da RTL dados como possíveis interessados em entrar e reforçar no capital da empresa.

O grupo Bertelsmann / RTL «é o maior operador de TV da Europa e pode ser muito importante para o desenvolvimento de algumas das nossas áreas».

«É nesse contexto que o grupo RTL pode vir a assumir um papel mais importante na nossa empresa», esclareceu Pais do Amaral.

As acções da Media Capital negociavam inalteradas nos 6,45 euros.

Ver comentários
Outras Notícias