Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Parpública cria nova "holding" para participações do Estado

A Parpública, a empresa que detém as participações do Estado, anunciou a constituição da Capitalpor, uma nova "holding", além da que tinha sido criada com a Caixa Geral de Depósitos (CGD), que agregará as posições na EDP, REN, Quimiparque, Lazer e Floresta, SNESGES e Urbindústria.

Negócios negocios@negocios.pt 26 de Dezembro de 2008 às 17:58
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...
A Parpública, a empresa que detém as participações do Estado, anunciou a constituição da Capitalpor, uma nova “holding”, além da que tinha sido criada com a Caixa Geral de Depósitos (CGD), que agregará as posições na EDP, REN, Quimiparque, Lazer e Floresta, SNESGES e Urbindústria.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Parpública revela que, “no âmbito da reorganização das suas participações financeiras procedeu à constituição” da Capitalpor, “holding” que conta com um capital social de 1.900 milhões de euros.

Na sequência desta operação, a Capitalpor passará a controlar 11,17% do capital da EDP e 46% da REN. Além disso, foram mobilizadas também as participações na Quimiparque, na Lazer e Floresta, na Urbindústria e na SNESGES - Administração de Imóveis e Prestação de Serviços.

Esta é a segunda “holding” criada pela Parpública. Na semana passada, a Parpública e a CGD constituíram uma sociedade conjunta para as suas participações financeiras, com um capital social de 1.000 milhões de euros.

A “holding” da CGD e da Parpública recebeu o nome de Parcaixa. Esta sociedade passou a controlar 100% da Caixa Leasing e Factoring, 19% da Águas de Portugal e também 19,5% da Sagesecur.

Ver comentários
Outras Notícias