Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Paulo Azevedo confiante na aprovação da OPA por parte da Concorrência

Paulo Azevedo, presidente da Sonaecom, está confiante na aprovação da Autoridade da Concorrência (AdC) da oferta pública de aquisição (OPA) lançada pela empresa sobre a Portugal Telecom (PT).

Negócios negocios@negocios.pt 11 de Julho de 2006 às 11:22
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Paulo Azevedo, presidente da Sonaecom, está confiante na aprovação da Autoridade da Concorrência (AdC) da oferta pública de aquisição (OPA) lançada pela empresa sobre a Portugal Telecom (PT).

«Temos grande confiança que teremos o apoio da AdC, essa autorização. Senão, teremos feito mal as contas ou a AdC, mas nós não contestaremos isso», afirmou o responsável em entrevista ao programa Outras Conversas de Maria João Avillez , que será transmitida pela SIC Notícias esta noite e que foi citado pela Reuters.

O responsável disse que «esta operação é muito boa para o consumidor português» mas «se a AdC achar que não o é não vai ser a Sonae a contestar isso», segundo a Reuters. «É da nossa tradição, do nosso DNA viver em concorrência. Se não acreditássemos nisso não teríamos lançado» a OPA, diz Paulo Azevedo.

A Sonaecom lançou a 6 de Fevereiro uma OPA sobre a PT e a PT Multimédia, oferecendo uma contrapartida de 9,50 euros por cada acção da maior operadora de telecomunicações nacional e 9,03 euros por cada acção da PT Multimédia.

A Sonaecom impõe como condição para o sucesso da OPA a autorização da fusão entre as operadoras móveis dos dois grupos - TMN e Optimus.

A AdC decidiu avançar para investigação aprofundada esta operação de concentração, uma vez que detectou situações que poderiam pôr em causa a concorrência, estando actualmente a negociar com a Sonaecom os «remédios» necessários para deixar passar a operação, mas deverá anunciar uma decisão até ao final deste mês.

Ver comentários
Outras Notícias