Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Perdas do sector financeiro aproximam-se de 1 bilião de dólares

Bancos e seguradoras mundiais já perderam perto de um bilião de dólares (o equivalente a 800,9 mil milhões de euros) por causa da crise do mercado de crédito. Os bancos Wachovia e Citigroup, e a seguradora AIG são as instituições financeiras mais afectadas, revela a edição de hoje do "Financial Times".

Patrícia Silva Dias patriciadias@negocios.pt 13 de Novembro de 2008 às 10:52
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...
Bancos e seguradoras mundiais já perderam perto de um bilião de dólares (o equivalente a 800,9 mil milhões de euros) por causa da crise do mercado de crédito. Os bancos Wachovia e Citigroup, e a seguradora AIG são as instituições financeiras mais afectadas, revela a edição de hoje do “Financial Times”.

No total, o sector financeiro mundial já reportou 918 mil milhões de dólares (ou 735 mil milhões de euros) em perdas desde o início de 2007, segundo dados da Bloomberg divulgados hoje pelo jornal britânico.

A expectativa dos analistas indicia que o volume de perdas provocadas pela crise financeira, a grande maioria associada a amortizações de dívida securitizada, possa superar, muito brevemente, um bilião de dólares. Isto porque as estimativas são de descida dos resultados no quarto trimestre.

Ao nível bancário, o Wachovia e o Citigroup são os mais afectados na crise. O primeiro regista perdas que ascendem a 96,5 mil milhões de dólares (o equivalente a 77,2 mil milhões de euros), enquanto no segundo o prejuízo atinge os 68,1 mil milhões de dólares (ou 54,5 mil milhões de euros).

Entre as seguradoras, a norte-americana AIG é de longe a mais penalizadas, ao perder 60,9 mil milhões de dólares (ou 48,8 mil milhões de euros). Segue-se a Ambac, com 10,6 mil milhões de dólares (ou 8,5 mil milhões de euros).

Ver comentários
Outras Notícias