Mercados Pereira Coutinho já requereu saída de bolsa da SAG

Pereira Coutinho já requereu saída de bolsa da SAG

João Pereira Coutinho requereu esta quarta-feira a saída de bolsa da SAG. O pedido foi entregue à CMVM na sequência da OPA concluída na passada sexta-feira em que o empresário reforçou a sua participação na empresa de 80,08% para 95,05%.
Pereira Coutinho já requereu saída de bolsa da SAG
Pedro Curvelo 03 de julho de 2019 às 17:09

João Pereira Coutinho requereu esta quarta-feira, junto da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) a perda de qualidade de sociedade aberta da SAG, visando a sua saída de bolsa. Esta intenção constava do prospeto da oferta pública de aquisição (OPA) lançada pelo empresário sobre a empresa.

Esta é uma das condições do acordo entre a SAG e a Porsche Holdings Salzburgo (PHS), anunciado a 30 de abril, que prevê que a distribuidora automóvel detida pelo grupo Volkswagen adquira a SIVA e outras subsidiárias da SAG por um euro e mediante um perdão da dívida por parte dos bancos credores.

Após a OPA, Pereira Coutinho reforçou a sua participação no capital da SAG de 80,08% para 95,05%.

A SAG indicou também, em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) que João Pereira Coutinho passou a deter 95,3% dos direitos de voto após a OPA concluída na passada sexta-feira e cujos resultados foram divulgados segunda-feira.

Num outro comunicado, a empresa referiu ainda que no âmbito da OPA alienou 16.771.015 ações próprias, que detinha de forma direta e indireta, correspondentes a 9,88% do capital social. Os títulos foram vendidos ao preço unitário de 6,15 cêntimos.

(Notícia atualizada às 17:20)




pub

Marketing Automation certified by E-GOI