Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Pereira Coutinho tem conta bloqueada no BCP para pagar OPA

É no segundo maior credor do grupo que está depositado o dinheiro destinado ao pagamento da contrapartida oferecida pelo empresário na OPA à SAG, através da sociedade IAMC, que é por si controlada, num total de pouco mais de dois milhões de euros.

Miguel Baltazar
Rui Neves ruineves@negocios.pt 13 de Junho de 2019 às 14:18
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...

A OPA lançada por João Pereira Coutinho sobre a SAG, em que oferece 0,0615 euros por cada ação, a pagar em numerário, e tendo em consideração os quase 10% de ações próprias desta sociedade, que serão alienadas e adquiridas pelo empresário, corresponde a uma contrapartida no valor total de 2,08 milhões de euros.

 

Os fundos necessários para o pagamento da totalidade da contrapartida da OPA estão depositados numa conta expressamente consignada junto do BCP, o segundo maior credor da SAG e da sua subsidiária SIVA - a ser vendida à Porsche pelo valor simbólico de um euro -, com créditos agregados que ultrapassam os 70 milhões de euros.

 

"O oferente declara que o pagamento da contrapartida da Oferta [OPA] será assegurado com recursos que foram integralmente postos à sua disposição pela IAMC para o lançamento da Oferta, encontrando-se depositados junto do Banco Comercial Português, S.A., em conta expressamente bloqueada para o efeito", lê-se no prospeto da operação publicado, esta quinta-feira, 13 de junho, no site da Comissão do Mercado de valores Mobiliários (CMVM).

 

A Pereira Coutinho é imputada uma posição de 88,8610% do capital da SAG, dos quais 0,0023% são detidos diretamente, 76,7% através sociedade IAMC – Investment And Assets Management Consulting, 10,2% através da SGC Investimentos (que é detida em 100% pela IAMC) e os restantes 0,7069% através da empresa Principal (detida pelo empresário).

 

O sucesso da OPA está sujeito à aquisição, por parte de Pereira Coutinho, de um número de ações que, acrescidas às que lhe são imputadas, representem, pelo menos, 90% dos direitos de voto mais um direito de voto na SAG e 90% da totalidade das ações representativas do seu capital social.

Ver comentários
Saber mais sag siva joão pereira coutinho porsche bcp opa iamc
Outras Notícias