Mercados Petróleo a caminho dos 100 dólares por barril na bolsa de Londres

Petróleo a caminho dos 100 dólares por barril na bolsa de Londres

O Brent do Mar do Norte, crude de referência para as importações portuguesas, está a aproximar-se dos 100 dólares por barril.
Carla Pedro 28 de janeiro de 2011 às 17:26
O Brent para entrega em Março segue a negociar em torno dos 99 dólares, depois de ter tocado nos 99,63 dólares por barril, numa jornada em que também atingiu um recorde no diferencial face ao “benchmark” norte-americano, o West Texas Intermediate.

O WTI ganha 4,29%, a negociar nos 89,31 dólares, a tentar estreitar o forte “spread” que tem face ao Brent e que hoje já atingiu um máximo de sempre nos 12,49 dólares.

Apesar de a moeda norte-americana estar a valorizar – e quando isso acontece, os activos denominados em dólares ficam menos atractivos como investimento alternativo – os fortes tumultos no Egipto intensificaram os receios de que os protestos se estendam às principais regiões produtoras de petróleo no Médio Oriente.

Os tumultos no Egipto seguem-se aos fortes protestos na Tunísia, que levaram a 14 de Janeiro à deposição do presidente tunisino, Ben Ali.

“A Tunísia não é um grande produtor de petróleo e o Egipto também não, mas a onda de tumultos aproxima-se perigosamente dos campos petrolíferos”, comentou à Bloomberg um responsável da PFGBest, Phil Flynn.

Recorde-se que, em Portugal, os preços da gasolina nas bombas estão em máximos de sempre.

O facto de ter sido hoje divulgado que o PIB dos EUA cresceu no quarto trimestre de 2010 está também a contribuir para o movimento altista do crude, uma vez que se espera um aumento da procura de combustível.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI