Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Petróleo atinge os 85 dólares nos Estados Unidos

Os preços do petróleo continuam a escalar, tendo atingido máximos de 17 meses, sustentados pelos sinais de que o crescimento económico global está a acelerar, o que intensifica a convicção de que a procura de combustível irá aumentar este ano.

Carla Pedro cpedro@negocios.pt 01 de Abril de 2010 às 14:57
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
Os preços do petróleo continuam a escalar, tendo atingido máximos de 17 meses, sustentados pelos sinais de que o crescimento económico global está a acelerar, o que intensifica a convicção de que a procura de combustível irá aumentar este ano.

Os futuros do West Texas Intermediate (WTI), “benchmark” para os EUA, seguem a avançar 1,18% no mercado nova-iorquino, para 84,75 dólares por barril, tendo já tocado hoje nos 85 dólares.

Em Londres, o contrato para entrega em Maio do Brent do Mar do Norte, crude de referência para a Europa, ganha 1,19%, para 83,68 dólares por barril, depois de já ter negociado nos 84,04 dólares.

Ontem, o Departamento norte-americano da Energia anunciou um aumento dos inventários de crude na semana passada, mas o bom desempenho das bolsas e os bons dados económicos estão a ter mais peso na tendência do “ouro negro” nos mercados internacionais.

“Os indicadores macroeconómicos positivos estão a exercer uma influência altista sobre o crude”, comentou à Bloomberg o presidente da Prestige Economics, Jason Schenker. “Se amanhã for divulgado um bom dado relativo à criação de empregos nos EUA, o petróleo poderá subir ainda mais”, acrescentou.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias