Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Petróleo cai pressionado pela previsão de aumento da produção

Os preços do petróleo estão em queda nos mercados internacionais pelo quinto dia, com a Agência Internacional de Energia a aumentar a previsão para o fornecimento da matéria-prima dos países que não pertencem à Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP).

Joana Gonçalves jgoncalves@negocios.pt 13 de Abril de 2010 às 15:57
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...
Os preços do petróleo estão em queda nos mercados internacionais pelo quinto dia, com a Agência Internacional de Energia a aumentar a previsão para o fornecimento da matéria-prima dos países que não pertencem à Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP).

Outro dos factores que está a pressionar o petróleo é a possível subida das reservas de crude dos EUA na semana passada, o que aumenta os receios de que haja uma maior oferta nos mercados.

O West Texas Intermediate (WTI), negociado em Nova Iorque, recua 1,21 % para 83,32 dólares e o Brent, transaccionado em Londres e que serve de referência às importações nacionais, deprecia 0,37 % para 84,46 dólares.

A Agência Internacional de Energia (AIE) prevê que a produção de petróleo possa aumentar em países como o Canadá, Reino Unido e Rússia, numa altura em que a procura estabilizou.

“Temos observado um maior crescimento fora dos Estados Unidos, Rússia e Canadá, como resposta aos elevados preços”, disse o analista de mercados do Summi Energy, em Louisville.

Os países que não pertencem à OPEP vão aumentar a produção de 600 mil barris por dia para 52 milhões de barris por dia, este ano, segundo a AIE. Os resultados superaram as previsões do mês passado.

O Departamento de Energia dos Estados Unidos vai divulgar amanhã as reservas de crude, que deverão ter aumentado em 1,3 milhões de barris a semana passada, de acordo com as estimativas dos analistas consultados pela Bloomberg.

Ver comentários
Outras Notícias