Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Petróleo acima dos 119 dólares

O preço do petróleo atingiu novos recordes em Londres e Nova Iorque, devido à violência na Nigéria, que ontem interrompeu a produção de 169 mil barris da Royal Dutch Shell, e à ameaça de greve numa refinaria escocesa. Em Nova Iorque, o barril de petróleo

Maria João Soares mjsoares@negocios.pt 22 de Abril de 2008 às 17:01

O preço do petróleo atingiu novos recordes em Londres e Nova Iorque, devido à violência na Nigéria, que ontem interrompeu a produção de 169 mil barris da Royal Dutch Shell, e à ameaça de greve numa refinaria escocesa. Em Nova Iorque, o barril de petróleo ultrapassou, pela primeira vez, os 119 dólares e em Londres superou os 116 dólares.

No mercado norte-americano, o West Texas Intermediate [cl1] renovou o máximo histórico nos 119,74 dólares e em Londres tocou, pela primeira vez os 116,23 dólares.

O preço da matéria-prima reagiu em alta ao ataque a uma refinaria da Royal Dutch Shell na Nigéria que interrompeu a produção de 169 mil barris de petróleo. Na Escócia, uma greve ameaça encerrar a refinaria da Ineos Group Holdings, que produz diariamente 200 mil barris.

"As quantidades de crude [não produzidas devido à greve e à violência na Nigéria] não são muito elevadas mas o mercado está muito sensível", comenta Andrey Kryuchenkov da Sucden.

Outras Notícias
Publicidade
C•Studio