Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Petróleo acima dos 82 dólares pela segunda sessão consecutiva

Os preços do petróleo negociavam perto de máximos históricos, com o crude em Nova Iorque a cotar acima dos 82 dólares, pela segunda sessão consecutiva. A descida dos juros nos EUA, a evacuação de uma plataforma da Shell e a expectativa de uma descida nas

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 19 de Setembro de 2007 às 07:38
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Os preços do petróleo negociavam perto de máximos históricos, com o crude em Nova Iorque a cotar acima dos 82 dólares, pela segunda sessão consecutiva. A descida dos juros nos EUA, a evacuação de uma plataforma da Shell e a expectativa de uma descida nas reservas têm contribuído para manter os preços em níveis recorde.

O crude [CL1], negociado no mercado nova-iorquino, seguia em alta de 0,86% para os 82,21 dólares, numa sessão em que chegou a cotar nos 82,37 dólares, um cêntimo abaixo da nova marca histórica de 82,38 dólares.

Em Londres, o "brent" [CO1] acompanhava a subida, ganhando 0,9% para 78,29 dólares.

A impulsionar os preços tem estado a decisão da Reserva Federal que ontem ao final do dia anunciou um corte de 50 pontos base nas taxas de juros norte-americanas. Os economistas acreditam que este movimento irá impulsionar a economia, bem como a procura da matéria-prima.

A contribuir para estes novos máximos tem estado igualmente a expectativa de uma quebra dos "stocks" dos EUA.

O Departamento de Energia norte-americano vai revelar hoje o nível das reservas do país, sendo que as previsões dos analistas apontam para uma quebra de 2 milhões de barris de petróleo.

A evacuação parcial de uma plataforma da Shell no Golfo do México, devido à formação de uma tempestade tropical na região, também está a ajudar a suportar os preços.

Mais lidas
Outras Notícias