Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Petróleo sobe impulsionado por expectativa de quebra das reservas dos EUA

O Governo norte-americano irá publicar amanhã o relatório semanal sobre as reservas, mas a previsão de quebra fizeram subir a cotação do petróleo.

Negócios 13 de Maio de 2014 às 17:31
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

O preço do barril de petróleo aumentou para máximos de duas semanas com a especulação de que as reservas de petróleo nos Estados Unidos da América caíram pela segunda semana consecutiva. O Brent, negociado em Londres, valoriza 0,31% para 108,75 dólares por barril, esta terça-feira, 13 de Maio. O West Texas Intermediate (WTI), negociado em Nova Iorque, avança 0,74% para 101,33 dólares.

 

As reservas, de acordo com o estimado pelos analistas consultados pela Bloomberg, deverão ter caído 500 mil barris para 397,1 milhões na semana passada. Os dados serão conhecidos na quarta-feira, através da publicação de um relatório por parte do Departamento de Energia.

 

As reservas alcançaram os 399,4 milhões de barris na semana que terminou a 25 de Abril, o valor mais alto desde que o Governo começou a publicar esta informação semanalmente em 1982. As reservas de Cushing e Oklahoma, pontos de entrega do WTI, deverão ter caído, na semana passada, para mínimos de cinco anos, segundo a agência norte-americana.   

 

“Há muita especulação em torno do relatório que será apresentado amanhã”, comenta o director do departamento de contratos futuros da Mizuho Securities, em Nova Iorque, à Bloomberg.

Ver comentários
Saber mais Petróleo WTI Reservas energia EUA Nova Iorque Londres
Outras Notícias