Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Petróleo cai 1% com diminuição de intensidade da tempestade tropical Chris

As cotações do petróleo estão em baixa, pela primeira vez em quatro sessões, depois de o Centro de Furacões dos EUA ter anunciado que a tempestade tropical Chris está a enfraquecer, aliviando os receios de que as plataformas energéticas do Golfo do México

Carla Pedro cpedro@negocios.pt 03 de Agosto de 2006 às 15:58
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As cotações do petróleo estão em baixa, pela primeira vez em quatro sessões, depois de o Centro de Furacões dos EUA ter anunciado que a tempestade tropical Chris está a enfraquecer, aliviando os receios de que as plataformas energéticas do Golfo do México sejam afectadas.

O West Texas Intermediate [cl1] para entrega em Setembro perdia 1,07%, para 75 dólares por barril. Em Londres, o «brent» do Mar do Norte cedia 1%, fixando-se em 76,12 dólares.

Esta tempestade, que ontem se previa tornar-se o primeiro furacão do Atlântico desta época, acabou por não ganhar essa intensidade. No ano passado, os furacões Katrina e Rita danificaram plataformas petrolíferas do Golfo do México e levaram à diminuição de 30% da capacidade de refinação norte-americana.

«A tempestade Chris está a dissipar-se e isso está a aliviar o mercado», disse à Bloomberg um gestor da John Hancock Financial Services, Eugene Hodge. «Iremos assistir a uma elevada dose de volatilidade sempre que se forme uma tempestade devido ao que aconteceu nos últimos dois anos», acrescentou o mesmo responsável.

Entretanto, o conflito entre Israel e o Hezbollah parece longe do fim, uma vez que a solução diplomática parece ter sido afastada depois de o primeiro-ministro israelita, Ehud Olmert, ter dito que o seu país não assinará um cessar-fogo enquanto uma força de manutenção de paz apoiada pela ONU – com um número de homens suficiente para conter o Hezbollah - não for deslocada para a região.

Outras Notícias