Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Petróleo cai com diminuição de especulação sobre ataque ao Iraque

O crude seguia a cair mais de 2% em Nova Iorque, depois do general americano Tommy Franks ter reiterado que os Estados Unidos (EUA) não estão em negociações com outros países para um possível ataque militar contra o Iraque.

João Mata 25 de Março de 2002 às 16:44
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O crude seguia a cair mais de 2% em Nova Iorque, depois do general americano Tommy Franks ter reiterado que os Estados Unidos (EUA) não estão em negociações com outros países para um possível ataque militar contra o Iraque.

Na semana passada, o preço do crude atingiu o seu nível mais alto dos últimos seis meses, impulsionado pela especulação de que estaria iminente um ataque dos Estados Unidos (EUA) ao Iraque.

O Iraque, que produz cerca de 3% do petróleo mundial, foi acusado pelos EUA de estar a construir armas nucleares e de ajudar terroristas.

Em Nova Iorque, o barril de crude [CL1], para entrega em Maio desvalorizava 2,09% para os 24,82 dólares (28,31 euros).

O «brent», ou petróleo do Mar do Norte [CO1], para entrega em Maio seguia a cair 1,81% para os 24,90 dólares (28,40 euros).

O ministro do Petróleo da Arábia Saudita, Ali al-Naim adiantou hoje que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) vai tentar estabilizar o mercado, caso se confirme a inexistência de um ataque contra o Iraque.

Ver comentários
Outras Notícias