Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Petróleo cai com relatório do Departamento de Energia dos EUA

O crude desvalorizou depois de conhecidos os valores avançados pelo Departamento de Energia norte-americana em relação às reservas de petróleo dos EUA. Apesar do crescimento das mesmas ter sido inferior ao esperado, a subida verificada originou uma descid

Negócios negocios@negocios.pt 21 de Abril de 2004 às 18:15
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O crude desvalorizou depois de conhecidos os valores avançados pelo Departamento de Energia norte-americana em relação às reservas de petróleo dos EUA. Apesar do crescimento das mesmas ter sido inferior ao esperado, a subida verificada originou uma descida do preço do petróleo.

O contrato do crude [CL1] com entrega para Junho seguia a desvalorizar cerca de 1,10% para os 36,10 dólares (30,44 euros). No que concerne ao «brent» [C01], descia 1,63% para os 32,57 dólares (27,47 euros).

As estimativas preconizadas por analistas da Bloomberg indicavam um crescimento de 2,4 milhões de barris. No entanto, o relatório do Departamento de Energia anunciou uma subida de 200 000 barris, para um total de 295,6 milhões. As reservas de combustível aumentaram igualmente com maiores níveis de processamento por parte das refinarias.

«Os números deixaram-nos estupefactos», afirmou Phil Flynn, responsável da Alaron Trading, em Chicago. O mesmo acrescentou: «Os números do crude foram uma surpresa. Mais importante foi o a subida verificada na oferta do produto».

Mais lidas
Outras Notícias