Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Petróleo cai mais de 1% com reservas acima do esperado

O preço do barril de petróleo desvalorizou mais de 1% nos mercados de Londres e Nova Iorque, depois do Departamento de Energia dos EUA anunciar que as reservas de crude, de produtos destilados e de gasolina, subiram inesperadamente na semana passada.

Paulo Moutinho 07 de Dezembro de 2005 às 16:56
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O preço do barril de petróleo desvalorizou mais de 1% nos mercados de Londres e Nova Iorque, depois do Departamento de Energia dos EUA anunciar que as reservas de crude, de produtos destilados e de gasolina, subiram inesperadamente na semana passada.

O West Texas Intermediate (WTI) [cl1] cotava nos 59,30 dólares, a descer 1,07%, depois de ter ganho mais de 1% durante a sessão. Em Londres, o «brent» [co1] perdia 1,32% para os 56,85 dólares.

Segundo o relatório apresentado esta tarde pelo Departamento de Energia dos Estados-Unidos, os inventários de crude subiram em 2,72 milhões de barris para os 320,3 milhões, na semana terminada a 2 de Dezembro, com as refinarias a produzirem a 90,6% da sua capacidade total, ao nível mais elevado desde o mês de Setembro.

As previsões de um painel de 16 analistas consultados pela agência Bloomberg, apontavam para uma queda das reservas de 1,9 milhões de barris.

Os «stocks» dos produtos destilados e de gasolina também subiram na semana passada. Os destilados, que incluem o gasóleo de aquecimento, aumentaram em 2,74 milhões de barris, acima dos 1,75 milhões esperados pelos analistas, numa altura em que a procura por gasóleo de aquecimento está 19% acima do normal com as baixas temperaturas que se registam em algumas regiões dos EUA.

As reservas de gasolina também aumentaram em 2,74 milhões de barris, superando a estimativa de 1,05 milhões por parte dos mesmos analistas consultados pela Bloomberg.

Mais lidas
Outras Notícias