Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Petróleo cai pela primeira vez em cinco dias

Os contratos de futuros seguem a negociar em baixa, depois de quatro sessões consecutivas em alta. As expectativas em relação ao discurso de Bernanke e o relatório semanal do Departamento de Energia norte-americano estão a pressionar os preços do crude.

Animação nas bolsas e crescimento chinês leva petróleo para cima dos 80 dólares
Inês Balreira inesbalreira@negocios.pt 21 de Maio de 2013 às 19:31
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

O petróleo está a negociar em terreno negativo esta terça-feira, a primeira sessão no vermelho dos últimos cinco dias. A expectativa cresce entre os operadores, uma vez que esta quarta-feira o presidente da Reserva Federal norte-americana, Ben Bernanke, discursará no Congresso sobre as perspectivas económicas para os Estados Unidos, o maior consumidor mundial de petróleo.

 

Em Nova Iorque, os futuros do West Texas Intermediate (WTI) seguem a perder 0,26% para 96,46 dólares por barril.

 

Bernanke fala amanhã sobre a economia norte-americana e as expectativas recaem sobre os sinais que o presidente da Fed poderá dar sobre o programa de estímulos monetários da entidade.

 

O discurso é o um dos principais destaques da semana, uma vez que será acompanhado pelos investidores a nível mundial, na expectativa das próximas acções da Fed, numa altura em que alguns governadores começam a pedir a diminuição dos estímulos económicos.

 

Também o relatório semanal do Departamento de Energia norte-americano, que será divulgado esta quarta-feira, está a pressionar os preços do WTI. Os analistas consultados pela Bloomberg apontam para a diminuição de 800 mil barris nas reservas de crude dos Estados Unidos.

 

Em Londres, o Brent do Mar do Norte, referência para o mercado nacional, cede 0,31% para 104,48 dólares por barril.

 

Na última semana, Bruxelas iniciou uma investigação sob a suspeita de alegadas manipulações nos preços dos combustíveis, tendo realizado “raides” às sedes da BP, Shell e Statoil, bem como aos escritórios da Platts, a plataforma mais importante na Europa para a definição dos preços do petróleo e seus derivados. Esta segunda-feira Bruxelas requereu a colaboração de algumas “trading houses” na investigação.

Ver comentários
Saber mais Petróleo WTI Brent Fed Bernanke
Outras Notícias