Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Petróleo cai pela primeira vez em cinco sessões

O preço do petróleo segue a cair pela primeira vez em cinco sessões apesar de se manterem as tensões no Irão e de ainda não terem sido libertados os 15 marinheiros britânicos.

Ana Luísa Marques anamarques@negocios.pt 27 de Março de 2007 às 16:41
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O preço do petróleo segue a cair pela primeira vez em cinco sessões apesar de se manterem as tensões no Irão e de ainda não terem sido libertados os 15 marinheiros britânicos.

O crude [cl1], negociado em Nova Iorque, cai 0,25% para os 62,75 dólares e o "brent" [co1], negociado em Londres, recua 0,28% para os 64,23 dólares. Na semana passada o preço da matéria-prima subiu mais de 9% no mercado norte-americano e quase 5% em Londres.

Esta escalada do preço do petróleo deve-se à tensão que se vive actualmente no Irão e que teve o seu ponto alto na sexta-feira com o rapto de 15 marinheiros britânicos. Os marinheiros continuam detidos em Teerão e o primeiro-ministro britânico, Tony Blair, afirmou esta tarde que os esforços para os libertar vão entrar "numa fase diferente", caso as negociações com o Irão falhem.

Entretanto, o presidente chinês Hu Jintao e o seu homólogo russo, Vladimir Putin, pediram a Teerão que aceite as exigência das Nações Unidas (NU) e interrompam o seu programa nuclear. China e Rússia apelaram ainda ao Irão para que resolva este impasse de forma "pacífica".

O Irão detém as segundas maiores reservas de petróleo do mundo. Cerca de um terço de todo o petróleo atravessa o estreito de Hormunz, situado entre o Irão e Omã.

Ver comentários
Outras Notícias